O ano novo no tempo de Jane Austen

Passadas as festividades natalinas, é hora de nos prepararmos para a virada do ano! Alguns preferem festar bastante com os amigos, outros preferem um jantar mais calmo com a família, alguns preferem viajar, outros preferem ficar em casa, alguns têm suas superstições, outros não acreditam, mas o que todo mundo tem em comum é a

Resenha: Um cântico de natal (e outras histórias) – Charles Dickens

Editora Martin Claret, 324 páginas, tradução de Roberto Leal Ferreira Tempo de natal! Sem dúvida, há de ser um misantropo o homem em cujo peito o retorno do Natal não faz nascer uma espécie de sentimento jovial – em cuja mente não desperta nenhuma associação agradável (página 19) É com essa frase que Charlens Dickens abre

O homem que inventou o natal (2017)

Filmes de natal são uma delícia, não é verdade? E no fim do ano não tem nada melhor do que assistir um bom filme natalino! O homem que inventou o natal (título original: The man who invented christmas) foi lançado para o natal do ano passado, mas é claro que não passou nos cinemas por

O natal no tempo de Jane Austen – 3

Chegamos ao último post sobre o natal no tempo de Jane Austen! Como era o último, eu queria que fosse especial, então separei alguns tópicos bem legais para abordar aqui hoje (autoras de romance de época: fiquem ligadas que muitas ideias podem surgir!). Eu resolvi, então, tratar dos seguintes tópicos (e na seguinte ordem): 1)

O natal no tempo de Jane Austen – 2

No primeiro post sobre o natal durante a regência, foram trazidas algumas datas especiais durante a temporada festiva de final de ano. Que tal, então, nos aprofundarmos em algumas delas? Obs: quero deixar registrado que quando eu não citar referência diversa, a informação está sendo retirada do livro A Jane Austen Christmas, de Maria Grace.

Resenha: Série Os sedutores de Havisham – Lorraine Heath

Livro 1: Codinome Lady V (título original: Falling into bed with a duke), editora Gutenberg, 252 páginas Livro 2: O segredo do conde (título original: The earl takes all), editora Gutenberg, 284 páginas Essa é uma série de quatro livros (um é uma novela) com as histórias do duque de Ashebury, do conde de Greyling

O natal no tempo de Jane Austen – 1

Quem aí ama o natal? Eu sou fascinada por essa época do ano! Adoro enfeitar a casa, escuto músicas de natal no carro e tenho coleção de bonecos que cantam, dançam, dão risada (meu brinquedinho favorito é a toca natalina que dança). Por mim seria a época pré-natal o ano todo, tipo naquela música do

Produtos para cabelo no tempo de Jane Austen

Em razão da (merecida) popularidade de Jane Austen, muitos dos romances de época que lemos hoje se passam no período da regência. Os da Julia Quinn, por exemplo, com exceção dessa nova série Os Rokesbys, estão todos situados nesse período. Eu, particularmente, adoro os romances ambientados durante os anos que compreendem o período regencial (1811-1820)

Vikings (2013)

Hoje a indicação de série é de uma das minhas séries preferidas: Vikings! E eu vou iniciar o post com uma confissão: eu morria de preguiça de começar a assistir. Meu namorado assiste desde que começou a ser exibida, mas eu ficava deixando pra depois… até que um dia resolvi dar uma chance. O resultado?