As cartas de Jane Austen traduzidas – III

A cada carta de Jane Austen que eu leio, mais eu admiro a pessoa que ela era (da escritora eu já sou fã faz tempo). É cada comentário que eu tenho certeza de que conviver com ela era, no mínimo, divertido rs! Nessa carta aí embaixo, está uma das frases dela que eu mais gosto:

As cartas de Jane Austen traduzidas – II

“Cork Street, manhã de terça-feira (agosto de 1796). Minha querida Cassandra, mais uma vez me encontro nessa cenário de dissipação e vícios, e eu já estou começando a encontrar algumas corrupções em minha moral. Nós chegamos em Staines ontem, não sei a que horas, sem sofrer muito com o calor que eu estava esperando. Nós

As cartas de Jane Austen traduzidas – I

O principal meio de comunicação na época de Jane Austen era a carta, de forma que Jane, enquanto viva, escreveu muitas e muitas e muitas cartas para toda a sua roda de conhecidos. Infelizmente, a maioria dessas cartas foi destruída por sua irmã, Cassandra, e outros familiares – e, segundo uma das sobrinhas de Jane

Londres no tempo de Jane Austen – Parte 3: as lojas e as compras

Hoje é dia de mais um post sobre a Londres do tempo de Jane Austen (os outros dois estão aqui e aqui). E hoje vamos falar sobre as lojas da cidade e os costumes na hora de fazer as compras naquele tempo. Que tal? Quem me conhece sabe que eu adoro fazer e falar sobre

Londres no tempo de Jane Austen – Parte 2

Muitos dos romances de época que lemos se passam, pelo menos em parte, em Londres. E muitos dos clássicos são ambientados ou possuem algumas passagens por lá também (Orgulho e Preconceito, Belinda, Evelina, e por aí vamos). Eu já fiz esse post aqui com algumas informações mais gerais sobre a cidade daquele tempo, mas hoje

A páscoa no tempo de Jane Austen

A páscoa, sem dúvidas, é o feriado mais importante para os cristãos. Nós adoramos os coelhinhos e os chocolates, é claro, mas a data é muito mais do que isso: é a celebração da ressurreição de Jesus, a celebração da vitória de Jesus sobre a morte. É um feriado cristão celebrado em todos os cantos

Máximas de conduta pelo reverendo John Trusler (1803)

O trecho de hoje foi retirado de um livro que eu adoro (se tivesse tempo hábil queria traduzir inteiro e disponibilizar aqui no blog). Chama-se A System of Etiquette, de autoria de John Trusler, que, segundo a wikipédia, foi um excêntrico reverendo e escritor rs. Tem vários outros pedaços nesse post aqui, que particularmente é

Londres no tempo de Jane Austen

Durante a vida de Jane Austen, Londres era a maior cidade da Europa. Para se ter uma ideia, em 1811, quando a Inglaterra contava com pouco mais de nove milhões de habitantes, Londres já tinha um milhão e nove mil e quinhentos e quarenta e seis habitantes. Era o centro financeiro e comercial* do mundo,

A cidade de Bath no tempo de Jane Austen

Nós já descobrimos como era viajar durante a era georgiana, que tal descobrirmos um pouco mais sobre alguns dos destinos mais populares na Inglaterra? Bath – a cidade chave nos romances A abadia de Northanger e Persuasão – era conhecida por suas águas medicinais (quantos romances possuem um personagem que está lá se curando da

As viagens no tempo de Jane Austen

A semana mais esperada do ano chegou: a semana de ir para a praia! Eu adoro passar um tempo no litoral, andar de chinelo o dia todo e não ser julgada por isso, entrar no mar, sentar em um barzinho à beira-mar… não sou muito fã de tomar sol, mas o guarda-sol e o protetor