Londres no tempo de Jane Austen – Parte 2

Muitos dos romances de época que lemos se passam, pelo menos em parte, em Londres. E muitos dos clássicos são ambientados ou possuem algumas passagens por lá também (Orgulho e Preconceito, Belinda, Evelina, e por aí vamos). Eu já fiz esse post aqui com algumas informações mais gerais sobre a cidade daquele tempo, mas hoje

A páscoa no tempo de Jane Austen

A páscoa, sem dúvidas, é o feriado mais importante para os cristãos. Nós adoramos os coelhinhos e os chocolates, é claro, mas a data é muito mais do que isso: é a celebração da ressurreição de Jesus, a celebração da vitória de Jesus sobre a morte. É um feriado cristão celebrado em todos os cantos

Londres no tempo de Jane Austen

Durante a vida de Jane Austen, Londres era a maior cidade da Europa. Para se ter uma ideia, em 1811, quando a Inglaterra contava com pouco mais de nove milhões de habitantes, Londres já tinha um milhão e nove mil e quinhentos e quarenta e seis habitantes. Era o centro financeiro e comercial* do mundo,

Os romances de Jane Austen: minha ordem de preferência

Se tem uma coisa que as pessoas sempre comentam (aqui, no facebook, no instagram…) é sobre os livros da Jane Austen. Se eu li, qual eu mais gosto, qual eu menos gosto, qual eu indico para quem ainda não leu nenhum, etc. E, claro, pedem resenhas! Eu quero muito escrever resenhas detalhadas sobre cada um

A cidade de Bath no tempo de Jane Austen

Nós já descobrimos como era viajar durante a era georgiana, que tal descobrirmos um pouco mais sobre alguns dos destinos mais populares na Inglaterra? Bath – a cidade chave nos romances A abadia de Northanger e Persuasão – era conhecida por suas águas medicinais (quantos romances possuem um personagem que está lá se curando da

As viagens no tempo de Jane Austen

A semana mais esperada do ano chegou: a semana de ir para a praia! Eu adoro passar um tempo no litoral, andar de chinelo o dia todo e não ser julgada por isso, entrar no mar, sentar em um barzinho à beira-mar… não sou muito fã de tomar sol, mas o guarda-sol e o protetor

A criadagem no tempo de Jane Austen

Vamos supor que você acabou de se casar e precisa contratar um batalhão de criados para deixar a enorme mansão em que você irá viver em ordem (podem supor, assim, só para ilustrar mesmo, que eu acabo de me casar com Wulfric Bedwin rs): Quantos criados seriam necessários? Isso variava muito. Aristocratas cheios da grana

O ano novo no tempo de Jane Austen

Passadas as festividades natalinas, é hora de nos prepararmos para a virada do ano! Alguns preferem festar bastante com os amigos, outros preferem um jantar mais calmo com a família, alguns preferem viajar, outros preferem ficar em casa, alguns têm suas superstições, outros não acreditam, mas o que todo mundo tem em comum é a

O natal no tempo de Jane Austen – 3

Chegamos ao último post sobre o natal no tempo de Jane Austen! Como era o último, eu queria que fosse especial, então separei alguns tópicos bem legais para abordar aqui hoje (autoras de romance de época: fiquem ligadas que muitas ideias podem surgir!). Eu resolvi, então, tratar dos seguintes tópicos (e na seguinte ordem): 1)