As cartas de Jane Austen traduzidas – VIII

“Steventon, noite de segunda-feira, 24 de dezembro Minha querida Cassandra, eu tenho algumas notícias agradáveis que estou ansiosa para te contar, e, desta forma, começar a escrever a carta mais cedo, embora eu não deva enviar isso antes do usual. O Almirante Gambier, em resposta ao pedido de meu pai, escreveu o seguinte: ‘Como é

Resenha: A indomável Sofia – Georgette Heyer

Editora Record, 404 páginas Sabe aquele livro que quando você lê você pensa “Minha nossa, como eu esperei tanto para começar essa leitura”? Então, A indomável Sofia foi esse livro para mim rs! Eu sempre ouvia as pessoas elogiando, e já tinha o livro fazia algum tempo, e eis que um dia resolvi dar uma

Curiosidades sobre o natal no tempo de Jane Austen

Natal passado eu escrevi três posts sobre o natal como Jane Austen conhecia (aqui, aqui e aqui), mas sempre tem alguma informação a mais para um outro post, né? rs! Por isso resolvi escrever o post de hoje, com algumas curiosidades que foram deixadas de fora na oportunidade passada! A época de natal se estendia

Sanditon (2019)

Não é segredo nenhum que eu AMO produções de época, e que sou particularmente fascinada pelas adaptações dos romances de Jane Austen: ou seja, quando eu descobri que Sanditon, um dos romances inacabados da autora, seria transformado em série, eu imediatamente comecei a contagem regressiva. Por coincidência, inclusive, eu estava em Londres no dia da

As cartas de Jane Austen traduzidas – III

A cada carta de Jane Austen que eu leio, mais eu admiro a pessoa que ela era (da escritora eu já sou fã faz tempo). É cada comentário que eu tenho certeza de que conviver com ela era, no mínimo, divertido rs! Nessa carta aí embaixo, está uma das frases dela que eu mais gosto:

As cartas de Jane Austen traduzidas – II

“Cork Street, manhã de terça-feira (agosto de 1796). Minha querida Cassandra, mais uma vez me encontro nessa cenário de dissipação e vícios, e eu já estou começando a encontrar algumas corrupções em minha moral. Nós chegamos em Staines ontem, não sei a que horas, sem sofrer muito com o calor que eu estava esperando. Nós

A temporada social na Londres de Jane Austen

A temporada social teve seu início não apenas em razão do mercado casamenteiro, mas pela necessidade de entreter as classes mais altas enquanto estavam na cidade. O esquema era mais ou menos o seguinte: os detentores de títulos de nobreza precisavam aparecer na Câmara dos Lordes durante o período de atividade do parlamento, ou seja,

As cartas de Jane Austen traduzidas – I

O principal meio de comunicação na época de Jane Austen era a carta, de forma que Jane, enquanto viva, escreveu muitas e muitas e muitas cartas para toda a sua roda de conhecidos. Infelizmente, a maioria dessas cartas foi destruída por sua irmã, Cassandra, e outros familiares – e, segundo uma das sobrinhas de Jane

Londres no tempo de Jane Austen – Parte 3: as lojas e as compras

Hoje é dia de mais um post sobre a Londres do tempo de Jane Austen (os outros dois estão aqui e aqui). E hoje vamos falar sobre as lojas da cidade e os costumes na hora de fazer as compras naquele tempo. Que tal? Quem me conhece sabe que eu adoro fazer e falar sobre

Londres no tempo de Jane Austen – Parte 2

Muitos dos romances de época que lemos se passam, pelo menos em parte, em Londres. E muitos dos clássicos são ambientados ou possuem algumas passagens por lá também (Orgulho e Preconceito, Belinda, Evelina, e por aí vamos). Eu já fiz esse post aqui com algumas informações mais gerais sobre a cidade daquele tempo, mas hoje