A cidade de Bath no tempo de Jane Austen

Nós já descobrimos como era viajar durante a era georgiana, que tal descobrirmos um pouco mais sobre alguns dos destinos mais populares na Inglaterra? Bath – a cidade chave nos romances A abadia de Northanger e Persuasão – era conhecida por suas águas medicinais (quantos romances possuem um personagem que está lá se curando da

As viagens no tempo de Jane Austen

A semana mais esperada do ano chegou: a semana de ir para a praia! Eu adoro passar um tempo no litoral, andar de chinelo o dia todo e não ser julgada por isso, entrar no mar, sentar em um barzinho à beira-mar… não sou muito fã de tomar sol, mas o guarda-sol e o protetor

A criadagem no tempo de Jane Austen

Vamos supor que você acabou de se casar e precisa contratar um batalhão de criados para deixar a enorme mansão em que você irá viver em ordem (podem supor, assim, só para ilustrar mesmo, que eu acabo de me casar com Wulfric Bedwin rs): Quantos criados seriam necessários? Isso variava muito. Aristocratas cheios da grana

Séries e minisséries de época baseadas em fatos reais

Oi gente! Hoje resolvi trazer aqui algumas indicações rapidinhas de algumas séries e minisséries de época baseadas em fatos reais que eu gostei bastante. Acho que não é segredo que eu sempre tive uma queda por produções históricas, né? Mas antigamente tanto fazia para mim o período histórico, contanto que a mulherada estivesse de vestidão

Resenha: Desejo e Escândalo – Lorraine Heath

Editora HarperCollins Brasil, selo Harlequin, 304 páginas Título original: Beyond scandal and desire Tradução de Thalita Uba Depois de ler a série Os sedutores de Havisham (resenha aqui), eu descobri que adoro Lorraine Heath: gosto da escrita dela, gosto das histórias, gosto das personagens e assim por diante. Então é claro que eu precisava ler

O ano novo no tempo de Jane Austen

Passadas as festividades natalinas, é hora de nos prepararmos para a virada do ano! Alguns preferem festar bastante com os amigos, outros preferem um jantar mais calmo com a família, alguns preferem viajar, outros preferem ficar em casa, alguns têm suas superstições, outros não acreditam, mas o que todo mundo tem em comum é a

Resenha: Um cântico de natal (e outras histórias) – Charles Dickens

Editora Martin Claret, 324 páginas, tradução de Roberto Leal Ferreira Tempo de natal! Sem dúvida, há de ser um misantropo o homem em cujo peito o retorno do Natal não faz nascer uma espécie de sentimento jovial – em cuja mente não desperta nenhuma associação agradável (página 19) É com essa frase que Charlens Dickens abre

O homem que inventou o natal (2017)

Filmes de natal são uma delícia, não é verdade? E no fim do ano não tem nada melhor do que assistir um bom filme natalino! O homem que inventou o natal (título original: The man who invented christmas) foi lançado para o natal do ano passado, mas é claro que não passou nos cinemas por

O natal no tempo de Jane Austen – 3

Chegamos ao último post sobre o natal no tempo de Jane Austen! Como era o último, eu queria que fosse especial, então separei alguns tópicos bem legais para abordar aqui hoje (autoras de romance de época: fiquem ligadas que muitas ideias podem surgir!). Eu resolvi, então, tratar dos seguintes tópicos (e na seguinte ordem): 1)