Londres no tempo de Jane Austen – Parte 2

Muitos dos romances de época que lemos se passam, pelo menos em parte, em Londres. E muitos dos clássicos são ambientados ou possuem algumas passagens por lá também (Orgulho e Preconceito, Belinda, Evelina, e por aí vamos). Eu já fiz esse post aqui com algumas informações mais gerais sobre a cidade daquele tempo, mas hoje

A páscoa no tempo de Jane Austen

A páscoa, sem dúvidas, é o feriado mais importante para os cristãos. Nós adoramos os coelhinhos e os chocolates, é claro, mas a data é muito mais do que isso: é a celebração da ressurreição de Jesus, a celebração da vitória de Jesus sobre a morte. É um feriado cristão celebrado em todos os cantos

Máximas de conduta pelo reverendo John Trusler (1803)

O trecho de hoje foi retirado de um livro que eu adoro (se tivesse tempo hábil queria traduzir inteiro e disponibilizar aqui no blog). Chama-se A System of Etiquette, de autoria de John Trusler, que, segundo a wikipédia, foi um excêntrico reverendo e escritor rs. Tem vários outros pedaços nesse post aqui, que particularmente é

Londres no tempo de Jane Austen

Durante a vida de Jane Austen, Londres era a maior cidade da Europa. Para se ter uma ideia, em 1811, quando a Inglaterra contava com pouco mais de nove milhões de habitantes, Londres já tinha um milhão e nove mil e quinhentos e quarenta e seis habitantes. Era o centro financeiro e comercial* do mundo,

A cidade de Bath no tempo de Jane Austen

Nós já descobrimos como era viajar durante a era georgiana, que tal descobrirmos um pouco mais sobre alguns dos destinos mais populares na Inglaterra? Bath – a cidade chave nos romances A abadia de Northanger e Persuasão – era conhecida por suas águas medicinais (quantos romances possuem um personagem que está lá se curando da

As viagens no tempo de Jane Austen

A semana mais esperada do ano chegou: a semana de ir para a praia! Eu adoro passar um tempo no litoral, andar de chinelo o dia todo e não ser julgada por isso, entrar no mar, sentar em um barzinho à beira-mar… não sou muito fã de tomar sol, mas o guarda-sol e o protetor

A criadagem no tempo de Jane Austen

Vamos supor que você acabou de se casar e precisa contratar um batalhão de criados para deixar a enorme mansão em que você irá viver em ordem (podem supor, assim, só para ilustrar mesmo, que eu acabo de me casar com Wulfric Bedwin rs): Quantos criados seriam necessários? Isso variava muito. Aristocratas cheios da grana

O ano novo no tempo de Jane Austen

Passadas as festividades natalinas, é hora de nos prepararmos para a virada do ano! Alguns preferem festar bastante com os amigos, outros preferem um jantar mais calmo com a família, alguns preferem viajar, outros preferem ficar em casa, alguns têm suas superstições, outros não acreditam, mas o que todo mundo tem em comum é a

O natal no tempo de Jane Austen – 3

Chegamos ao último post sobre o natal no tempo de Jane Austen! Como era o último, eu queria que fosse especial, então separei alguns tópicos bem legais para abordar aqui hoje (autoras de romance de época: fiquem ligadas que muitas ideias podem surgir!). Eu resolvi, então, tratar dos seguintes tópicos (e na seguinte ordem): 1)