Charles Dickens e o natal: um trecho de Mamie Dickens – Meu pai como eu lembro dele

A época de natal já chegou para mim – e, consequentemente, para o blog. E que melhor forma de dar o start do que com um trecho de Mamie Dickens falando sobre “o homem que inventou o natal”? Charles Dickens foi mesmo abençoado! Meu livro preferido da vida é “Um cântico de natal” e TODO

Resenha: Um cântico de natal (e outras histórias) – Charles Dickens

Editora Martin Claret, 324 páginas, tradução de Roberto Leal Ferreira Tempo de natal! Sem dúvida, há de ser um misantropo o homem em cujo peito o retorno do Natal não faz nascer uma espécie de sentimento jovial – em cuja mente não desperta nenhuma associação agradável (página 19) É com essa frase que Charlens Dickens abre