As cartas de Jane Austen traduzidas – X

“Steventon, segunda-feira, 21 de janeiro Minha querida Cassandra, eu vou me esforçar para que essa carta seja mais digna de sua aceitação do que foi a minha última, uma carta tão pobre que eu penso que o Sr. Marshall não deveria nem te cobrar pela postagem*. Meus olhos têm estado muito indiferentes desde que ela

As cartas de Jane Austen traduzidas – IX

“Steventon, sexta-feira, 28 de dezembro Minha querida Cassandra, o Frank conseguiu. Ontem ele foi alçado à patente de comandante, e designado para a corveta Petterel, estacionada em Gibraltar. Uma carta de Daysh acabou de trazer a notícia, e como a notícia foi confirmada por um amigo para o Sr. Matthew, transcrevendo uma carta do almirante

As cartas de Jane Austen traduzidas – VIII

“Steventon, noite de segunda-feira, 24 de dezembro Minha querida Cassandra, eu tenho algumas notícias agradáveis que estou ansiosa para te contar, e, desta forma, começar a escrever a carta mais cedo, embora eu não deva enviar isso antes do usual. O Almirante Gambier, em resposta ao pedido de meu pai, escreveu o seguinte: ‘Como é

As cartas de Jane Austen traduzidas – VII

“Steventon, terça-feira, 18 de dezembro Minha querida Cassandra, sua carta chegou tão logo eu esperava, e sei que suas cartas sempre chegarão dessa forma, pois eu criei uma regra de não esperar por elas até que elas cheguem, no que eu acho que consigo aliviar a nós duas. É uma grande satisfação para nós ouvir

As cartas de Jane Austen traduzidas – VI

“Steventon, 1º de dezembro Minha querida Cassandra, serei tão generosa em escrever de novo para você tão rápido, para que você saiba que eu acabei de ter notícias de Frank. Ele estava em Cadiz, vivo e bem, no dia 19 de outubro, e recebeu uma carta sua, escrita há tanto tempo que ‘Londres’ ainda ficava

As cartas de Jane Austen traduzidas – V

“Steventon*, sábado, 27 de outubro. *Steventon é um vilarejo localizado no condado de Hampshire, Inglaterra, onde Jane Austen viveu desde 1775 até 1801. Minha querida Cassandra, sua carta foi uma surpresa muito agradável para mim hoje, e eu peguei uma folha grande de papel para demonstrar minha gratidão. Nós chegamos aqui ontem, entre as quatro

As cartas de Jane Austen traduzidas – IV

Eu já fiz um post aqui no blog sobre viagens no tempo de Jane Austen, mas que jeito seria melhor de descobrir um pouco sobre como ela viajava do que lendo uma carta onde ela relata uma viagem (com direito a uma pequena aventura no meio do caminho)? “Bull and George, Dartford, quarta-feira, 24 de

As cartas de Jane Austen traduzidas – III

A cada carta de Jane Austen que eu leio, mais eu admiro a pessoa que ela era (da escritora eu já sou fã faz tempo). É cada comentário que eu tenho certeza de que conviver com ela era, no mínimo, divertido rs! Nessa carta aí embaixo, está uma das frases dela que eu mais gosto: