Resenha: Um cântico de natal (e outras histórias) – Charles Dickens

Editora Martin Claret, 324 páginas, tradução de Roberto Leal Ferreira Tempo de natal! Sem dúvida, há de ser um misantropo o homem em cujo peito o retorno do Natal não faz nascer uma espécie de sentimento jovial – em cuja mente não desperta nenhuma associação agradável (página 19) É com essa frase que Charlens Dickens abre

O homem que inventou o natal (2017)

Filmes de natal são uma delícia, não é verdade? E no fim do ano não tem nada melhor do que assistir um bom filme natalino! O homem que inventou o natal (título original: The man who invented christmas) foi lançado para o natal do ano passado, mas é claro que não passou nos cinemas por